Tablado 

TA_VERDADE_FOTOS_CENAS_OTAVIO_DANTAS_2.jpg

O grupo Tablado SP(antigo Tablado de Arruar) foi criado em 2001 sempre se debruçou em assuntos e pesquisas extensas que geraram trabalhos autorais profundamente ligados à realidade política brasileira. Para dar continuidade à pesquisa que vem desde 2011 abordando assuntos diretamente políticos e que resultaram em obras polêmicas como Mateus,10 e a Trilogia Abnegação, com textos de Alexandre Dal Farra (vencedor do prêmio Shell, indicado a APCA, Governador do Estado de SP, entre outros), o grupo - que ainda conta com Clayton Mariano e Ligia Oliveira -, completa duas décadas de fundação com projeto VERDADE.

TA_VERDADE_FOTOS_CENAS_OTAVIO_DANTAS_6.jpg
TA_VERDADE_FOTOS_CENAS_OTAVIO_DANTAS_3.jpg

Verdade

Partindo de situações e personagens reais em momentos decisivos da história recente, e procurando rastrear, desde 2005, o papel do Exército Brasileiro nessas transformações, VERDADE refaz os caminhos da ascensão de um dos maiores exemplos mundiais da extrema direita contemporânea no poder, imaginando situações que jamais teremos como acessar.

Tanto a encenação, quanto a dramaturgia da obra se instauram por meio de um olhar que procura supor acontecimentos, situações, maneiras de pensar. Com um pressuposto documental, a obra narra momentos concretos da história recente do Brasil. “Evidentemente que não tivemos, e não teremos, acesso ao que realmente ocorreu nesse dia, nessa sala de comando. Então, nos pusemos a imaginar hipóteses, para esta situação, e para todas as que se seguem”, explica Dal Farra.

“O que o ponto de vista dos militares poderia nos dizer? Esta, a pergunta central que VERDADE procura se colocar, sem ironia, sem pressupostos, sem julgamentos, sem certezas. É, no entanto, só depois de um bom tempo de peça, onde vamos como que tentando retirar as camadas mais conhecidas, as nossas certezas sobre os militares, descascando-as aos poucos, e só depois é que se torna possível, talvez, tentar de fato imaginar algo do seu olhar sobre nós”, continua o diretor.

 

Ficha Técnica

Texto e direção: Alexandre Dal Farra

Atores: André Capuano, Alexandra Tavares, Clayton Mariano, Gabriela Elias e Nilcéia Vicente

Cenário: Alexandre Dal Farra, Stéphanie Fretin e Camila Refinetti

Luz: Wagner Antonio

Assistência de Iluminação: Dimitri Luppi

Figurinos: Victor Paula

Operação de Som e Vídeo: Julian Santos

Operação de Luz: Julia Orlando

Cenotécnico: Flávio Rodriguez

Assessoria de Imprensa: Canal Aberto Comunicação - Marcia Marques - Carol Zeferino - Daniele Valério

Produção: Corpo Rastreado - Leo Devitto

Idealização: Tablado SP