Gabriela Carneiro da Cunha

dsc01726_46702491194_o_edited.jpg
Altamira2042_Foto_Nereu Jr_9381.jpg
  • Instagram
  • YouTube

Gabriela Carneiro da Cunha é atriz, diretora e pesquisadora. Há 8 anos desenvolve o “Projeto Margens: sobre rios, buiúnas e vaga-lumes, uma pesquisa artística que se dedica a ouvir e ampliar o testemunho de rios brasileiros que vivem uma experiência de catástrofe. Os resultados são a peça “Guerrilhas ou pela terra não há desaparecidos” (2015), a performance “Altamira 2042”, estreada em 2019 no Festival Internacional de Teatro - MITsp, além de workshops, artigo e filmes.

A artista foi contemplado com a Bolsa Faperj de Incentivo à Criação, Experimentação e Pesquisa Artística, além da Bolsa de Formação Artística Funarte, a Residência Oi Futuro Artsônica e a Fundação Príncipe Claus e o Instituto Goethe Respostas Culturais e Artísticas à Mudança Ambiental.

Gabriela já trabalhou com diretores como Ariane Mnouchkine, Georgette Fadel, Cibele Forjaz, Grace Passô, Eryk Rocha e Heitor Dhalia.

Altamira 2042

Altamira 2042 é uma instauração performativa criada a partir do testemunho do rio Xingu sobre a barragem de Belo Monte. Aqui todos falam através de um mesmo dispositivo techno-xamânico: caixas de som e pen drives. Cada caixa de som porta uma voz, humana e não-humana, escutada nas margens do rio Xingu. Uma polifonia de seres, línguas, sonoridades e perspectivas tomam o espaço para abrir a escuta do público para vozes que tantos tentam silenciar. É a partir desses sons, cantos e também imagens que a performer Gabriela Carneiro da Cunha articula, junto com o público, os diferentes momentos do trabalho: a abertura Rio y Rua, seguida por Dona Herondina, Seu Quebra Barragem e Aliendígena, onde a performer veste e apresenta as diferentes perspectivas desses três seres maquínicos-espirituais que protegem as águas e as matas e que tomam a palavra para mitologizar a História. Assim a Barragem de Belo Monte vai deixando de ser simplesmente uma obra para se tornar o mito do inimigo.

Altamira 2042 estreou na MITsp em 2019. Desde então já se apresentou em diversos festivais, como Wiener Festwochen, Festival D'Automne, Kampnagel, Círculo Báltico, POA Em Cena, FTA, Holland Festival, PAFFF, Santarcangelo e muitos outros.

 

Ficha Técnica: 

Concepção e criação: Gabriela Carneiro da Cunha

Direção: Gabriela Carneiro da Cunha e Rio Xingu

Orientação de direção: Cibele Forjaz

Diretor assistente: João Marcelo Iglesias

Assistente de direção: Clara Mor e Jimmy Wong

Orientação da pesquisa e interlocução artística: Dinah de Oliveira e Sonia Sobral

“Tramaturgia”: Raimunda Gomes Da Silva, João Pereira da Silva, Povos Indígenas Araweté E Juruna, Bel Juruna, Eliane Brum, Antonia Mello, Mc Rodrigo - Poeta Marginal, Mc Fernando, Thaís Santi, Thaís Mantovanelli, Marcelo Salazar E Lariza

Tecnologia / Programação / Automação: Bruno Carneiro e Computadores Fazem Arte.

Criação Multimídia: Bruno Carneiro e Rafael Frazão.

Imagens: Eryk Rocha, Gabriela Carneiro da Cunha, João Marcelo Iglesias, Clara Mor e Cibele Forjaz

Montagem de vídeo: João Marcelo Iglesias, Rafael Frazão e Gabriela Carneiro da Cunha

Montagem textual: Gabriela Carneiro da Cunha e João Marcelo Iglesias

Desenho sonoro: Felipe Storino e Bruno Carneiro

Figurinos: Carla Ferraz

Iluminação: Cibele Forjaz

Concepção instalativa: Carla Ferraz e Gabriela Carneiro da Cunha

Realização instalativa: Carla Ferraz, Cabeção e Ciro Schou

Design Visual: Rodrigo Barja

Trabalho Corporal: Paulo Mantuano e Mafalda Pequenino

Pesquisadores: Gabriela Carneiro da Cunha, João Marcelo Iglesias, Cibele Forjaz, Clara Mor, Dinah De Oliveira, Eliane Brum, Sonia Sobral, Mafalda Pequenino e Eryk Rocha

Diretora de Produção: Gabriela Gonçalves

Co-produção: Mitsp - Festival Internacional de Teatro de São Paulo e Festival FarOFFa

Produção: Corpo Rastreado e Aruac Filmes

Difusão: Corpo a Fora

Curriculum - Show

2022
CANADÁ 
FESTIVAL TRANSÁMERIQUE - Montreal


NETHERLANDS 

HOLLAND FESTIVAL - Amsterdam
7-8/06

PAFFF - Leeuwarden

FRANCE 

IN EXTREMIS, THÉÂTRE GARONNE - Toulouse

Latitudes Contemporaines - Lille

ITALY
Campania Teatro Festival - Napoli

Santarcangelo Festival - Santarcangelo di Romagna

2021

GERMANY
Kampnagel - Hamburg

AUSTRIA
Wiener Festwochen

FRANCE
Portrait Lia Rodrigues, Festival d'Automne à Paris at Théâtre de la Ville

Passages - Metz

Festival Actoral - Marseille 

PORTUGAL

Encontro Mexe - Porto

Alkantara Festival - Lisboa

FINLAND 
Baltic Circle - Helsinki 

SWITZERLAND

Culturescapes - Bellinzona

Kaserne Glôbale - in collaboration with Festival Culturescapes - Basel